USP Suplementos alimentares

Dietary Supp Landing

Para ajudar fabricantes, fornecedores e órgãos reguladores a protegerem o fornecimento de suplementos alimentares, a USP fornece padrões documentários e materiais de referência para a determinação da identidade, qualidade da força e pureza de produtos e ingredientes. Esses padrões ajudam a limitar a introdução de potenciais adulterantes e contaminantes e são uma referência de qualidade amplamente reconhecida na compra e venda de ingredientes e produtos de suplementos alimentares no mercado global. Além desses padrões, a USP oferece serviços de verificação terceirizados e independentes para produtos finais de suplementos alimentares e seus ingredientes.

A relação da USP com suplementos alimentares

Desde seu início, em 1820, a USP se preocupa com a padronização de materiais botânicos e minerais, demonstrado pelo conteúdo da primeira USP, que continha principalmente materiais botânicos e outras drogas naturais. Em 1930, a USP criou a Vitamin Advisory Board (Conselho consultivo de vitaminas), que estabeleceu as primeiras análises de farmacopeia e os primeiros padrões de referência para as vitaminas A e D, e, em 1942, a USP já havia estabelecido monografias para todas as vitaminas identificadas até aquela época. Em 1975, a USP adquiriu o National Formulary (NF, Formulário nacional) que apresenta principalmente especificações para excipientes comumente usados em suplementos farmacêuticos e alimentares.

Em 1990, a Convenção da USP adotou uma resolução exigindo padrões nas formas de dosagem contendo combinações de vitaminas e minerais, levando ao desenvolvimento de uma seção separada de "Suplementos nutricionais" no USP–NF. Após a aprovação do Dietary Supplements and Health and Education Act in 1994, (Lei de 1994 para Educação, saúde e suplementos dietéticos), essa seção expandiu-se significativamente e foi renomeada de "Suplementos alimentares" e foram acrescentadas muitas novas monografias para ingredientes alimentares botânicos e não botânicos e artigos de suplementos alimentares.

Com a compra do Food Chemicals Codex (Código de químicos alimentícios, FCC) em 2006, a USP teve outra adição ao seu portfólio de padrões relevantes para suplementos alimentares. Levando em consideração as necessidades em evolução do crescente setor de suplementos alimentares global, a USP uniu a seção de "Suplementos alimentares" do USP-NF com outras monografias e informações relevantes do USP-NF e FCC em 2009, formando um recurso compreensivo e de fonte única para fabricantes, fornecedores e órgãos reguladores de suplementos alimentares, o USP Dietary Supplements Compendium (Compêndio de suplementos alimentares da USP).

A USP oferece atualmente cerca de 800 monografias no DSC e mais de 200 Padrões de Referência para desenvolvimento e teste de suplementos alimentares.

 

Geral Comunicados

(somente em inglês)

Marco nos Padrões de Referência da USP atingido (05–Mar–2013)